SEO (Search Engine Optimization)


Otimização para motores de busca. O que vem a ser exatamente isso? Bom, todos nós sabemos o quanto é importante que o seu negócio seja o primeiro - ou um dos primeiros - a ser apresentado a quem faz uma busca relacionada às palavras-chaves do seu negócio, seu produto ou marca, nos mecanismos de pesquisas como Google, por exemplo. O SEO não foca apenas neste resultado, mas com a ajuda de algumas técnicas e estratégias, ele busca otimizar também o seu site (on page) e os relacionamentos que seu site possui (off page) para que você conquiste uma melhor posição na lista de resultados.


O ranqueamento on page envolve:

  • O lado técnico: a programação em HTML do seu site e sua apresentação (ele está bem estruturado, limpo? Como está aparecendo a sua URL na barra de endereços, com mais palavras, deixando nítido onde a pessoa está ou repleto de números e códigos incompreensíveis?). Também é importante observar o tempo de carregamento da página (o mundo é ansioso, ninguém fica muito tempo esperando aparecer uma página, partem logo para outra fonte de resposta quando não te conhecem ainda) e a responsividade, que é a habilidade de se adaptar a diferentes dispositivos. Também é importante atentar-se à usabilidade (a facilidade com a qual o usuário internauta compreende o seu site, onde clica, o que faz o que) entre milhares de outros critérios para ranqueamento.

  • Conteúdo: não adianta focar apenas na parte técnica e esquecer que o usuário internauta veio atrás de informações e ajuda. E se essa ajuda estiver acessível, clara, se atentando à forma correta da escrita, a experiência do seu leitor se tornará mais agradável e confiável. Configurar bem um texto, estruturá-lo, por exemplo utilizando-se dos cabeçalhos (h1, h2, h3...) ao invés de colocar uma fonte em negrito tamanho grande para o título, ajuda na hora de ser localizado pelo Google. Pensar as palavras-chaves (ou buscá-las com a ajuda do próprio Google e de alguns softwares) e utilizá-las em seu cabeçalho e título, também podem te destacar. É importante ter em mente ao identificar as palavras-chaves quais as intenções do usuário que as buscou, o que ele quer descobrir? Qual dúvida ele está tirando?

Crie links internos: no seu texto, crie links para outros textos de seu próprio conteúdo explicando mais detalhes sobre um termo ou objeto de pesquisa que complemente o conhecimento do seu leitor. Mesmo links externos, que levem as pessoas a saírem do seu site, afinal podem conquistar a confiança tanto do leitor quanto do próprio Google de que o seu interesse é realmente instruir e ajudar.


As técnicas de SEO são muitas e merecem ser conhecidas e estudadas com atenção por aqueles que buscam ganhar visibilidade orgânica (gratuita e espontânea) no mercado digital. Aprofunde-se! Em breve falarei mais sobre cada uma delas.

Dicas:

O Google passou por grandes evoluções ao longo dos anos, uma delas a de compreensão de contextos, semântica, uma análise mais abrangente do que aparecerá em seus resultados através de atualizações de algoritmos. Uma delas, a Panda, identifica textos muito curtos, porém lotados de palavras-chaves que são apenas iscas e que agora ficam para trás ou são devidamente eliminados dos resultados. Criar conteúdos de qualidade é a melhor maneira de ranquear o seu site, ganhar a confiança dos seus leitores e mostrar-se responsável para o Google.


Faça uma pesquisa de palavras-chaves que são interessantes para o seu público-alvo, que vá ajudá-los a encontrar as respostas que você preparou para auxiliá-los. Existem vários softwares, como Google KeyWord Planner, ou o SEMrush, entre outros que podem te ajudar nessa tarefa. Entenda a intenção da sua audiência e crie conteúdos que são relevantes para ela, sem ficar calculando quantas vezes você utiliza as palavras-chaves no seu texto.

Pesquise bem o seu nicho. Veja quem tem um público semelhante ao seu; cases de sucesso são sempre inspiração na hora de criar um conteúdo interessante. Entre em contato, faça backlinks (indique conteúdos de seus professores ou companheiros de profissão, por exemplo) e você pode acabar sendo citado em alguma publicação deles também.

Foque no seu público: o que eles mais buscam? Quais são suas principais dúvidas? Depois de feito e publicado seu conteúdo, faça um trabalho de link building, de divulgação nas redes sociais e assim você aumentará bastante as chances de ficar no topo do ranking do Google, o que vale muito, vai atrair o tráfego qualificado que vai te ajudar a gerar mais negócios. Boa sorte a todos nós!

4 visualizações0 comentário